ad valorem

Participação Cívica

ad valorem

As reuniões da Câmara Municipal de Estremoz estão a ser difundidas on-line a partir da Ustream.TV. Se pretender visionar alguma das sessões gravadas, siga a ligação seguinte: Ustream.TV

0
0
0
s2sdefault

Em linha...

Temos 28 visitantes e 0 membros em linha

Coacção na Assembleia Municipal de Estremoz

"O que mais me preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem carácter, dos sem ética... o que mais me preocupa é o silêncio dos bons!"... foi Martin Luther King quem expressou esta opinião que tem merecido aceitação generalizada ao longo dos anos. A questão é: porque se calam os bons?

Do meu ponto de vista, eles calam-se porque, no momento em que o fazem, acham que isso é o que melhor lhes convém. Seja porque não querem "arranjar problemas", seja porque são outros aqueles que estão a ser atingidos pelas injustiças perpetradas por um qualquer aprendiz de tirano, seja porque receiam as represálias de um déspota amador ou, ainda, porque contrariar as intenções de quem detém o poder pode comprometer os seus objectivos e ambições, a verdade é que há sempre uma boa razão para as pessoas se calarem quando, pelo contrário, deviam exercer os seus direitos e deveres de cidadania.

É impressionante a facilidade com que muitas pessoas se conseguem alhear da dor e do sofrimento dos outros... em última análise, a prepotência, a tirania e o despotismo encontram terreno fértil para germinar na indiferença dos súbditos, fertilizadas que são com os egoísmos daqueles que procuram sempre o caminho mais fácil para atingir os seus próprios objectivos. É aí que quem detém o poder de decidir o futuro dos outros encontra a seiva que o alimenta. Não sendo parvo, não tendo escrúpulos, só tem que fazer passar uma mensagem claríssima: "comigo, como aliado, ganhas; contra mim, como adversário, perdes!".

Foi exactamente isto que ontem vi passar-se na Assembleia Municipal de Estremoz. Uma moção, proposta pela bancada da CDU, que pretendia expressar o protesto por comportamentos do Presidente da Câmara, foi submetida a votação nominal quando o deveria ter sido por escrutínio secreto. Tal situação teve um efeito imediato: 3 presidentes de Junta saíram da sala. Ainda assim o Presidente da Câmara achou que isso podia não ser suficiente e vá de informar, antes da votação, que ia requerer à mesa a relação detalhada dos votantes. Canja! Resultado: 14 votos contra e 13 votos a favor. Ninguém me convence que o resultado não seria outro noutras condições.

Porque se calam os bons? Calam-se porque, e cito, "o despotismo é, sem dúvida, a forma mais simples de governo. É baseado num conceito simples: o poder detém a razão"... e acrescento eu: mesmo quando não tem razão!

0
0
0
s2sdefault